Notícias > Notas de imprensa

MTP desenvolve a Omniatest, uma metodologia que melhora o processo de testes de qualidade do software

26 Outubro, 2011

A MTP anunciou o lançamento da Omniatest, uma nova metodologia que otimiza o processo de testes do software. A Omniatest, metodologia utilizada pela MTP em todos seus projetos de testes, incluindo a fábrica, está baseada em parâmetros definidos pelo ISTQB (International Software Testing Qualifications Board) e está certificada no Nível 3 do Modelo TMMi. Atualmente encontra-se em processo de adaptação ao Nível 4.

Esta nova metodologia cobre o processo completo da atividade de testes de qualidade do software, incluindo todos os níveis de testes do Ciclo de Vida do software; desde a revisão de requisitos até os testes de pós-produção. Atribui especial importância à gestão dos projetos de testes, e aumenta significativamente a flexibilidade dos recursos utilizados e a coordenação das equipes. A metodologia Omniatest, que já está institucionalizada na fábrica de testes da MTP, garante aos clientes maior eficácia no desenvolvimento dos testes de qualidade do software.

Mamdouh El Cuera, Diretor de Operações da MTP, afirma que “graças ao uso desta nova metodologia podemos garantir aos nossos clientes os mais altos padrões de qualidade na hora de realizar os testes necessários para verificar o estado de suas tecnologias, algo que repercutirá diretamente na melhoria dos custos, prazos e ciclo de vida dos seus produtos de software”.

A Omniatest é constituída de uma série de fases que, por sua vez, são formadas por um conjunto de procedimentos, ferramentas, planilhas e guias. Sendo assim, contempla uma fase de Planejamento onde primeiro são analisados os riscos do produto e determinada a viabilidade, alcance e objetivo dos testes a fim de se obter uma previsão dos recursos necessários para sua realização. Além disso, inclui o “Master Test Plan” que engloba todos os níveis de testes.

A fase de Análise e Elaboração inclui um estudo da documentação que servirá de base para a construção dos casos de testes, aplicando as técnicas de design adequadas. Os casos de testes são projetados com os requisitos do sistema e os riscos de produto, detectados na fase de Planejamento.

A fase de Implementação e Execução tem como objetivo principal executar casos de testes, registrando e analisando os resultados e ocorrências e comparando esses resultados com os esperados. Depois da fase de avaliação, na qual são analisados os critérios de finalização definidos, é realizada a fase de Encerramento, na qual são recopiladas as lições aprendidas.

Simultaneamente às fases anteriores, está a fase de Monitoramento e Controle que monitora e controla o projeto para garantir o cumprimento de todos os parâmetros definidos durante o Planejamento e gerenciar as ocorrências que possam surgir durante o projeto.

Todo o processo é articulado com uma ferramenta de criação própria que permite planejar, monitorar, controlar e recopilar os resultados dos projetos de testes.

Para mais informações: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Share